Assinatura RSS

Esta rolando sortei no Skoob

Publicado em

Para quem não sabe, o Skoob é uma rede social brasileira, onde você cria uma estante virtual e ficar por dentro do mundo dos livros.

Dessa vez, está rolando um sorteio de dia dos namorados, onde você concorre a  15 lançamentos da Harlequin Books Brasil

cats

Para participar, basta curtir a pagina no face, compartilhar a imagem do sorteio (em modo público) e clicar no link que eles disponibilizaram.

Quem sabe o dia dos namorados não nos trás sorte?

Quer um livro meu emprestado? Assine o contrato

Publicado em

Já faz um tempo que encontrei essa ideia na internet e adorei, várias vezes eu emprestei livros e me arrependi quando os peguei de volta, ou simplesmente, nunca mais os peguei de volta (sim, a pessoa sumiu com ele)

É lógico que esse contrato é apenas uma brincadeira, vai se alguma pessoa fica chateada com isso né? nunca se sabe, rsrsrs. Meus livros são meus xodós, (até os chamo de bebes) e confesso que sou um pouco egoísta com eles.

contrato (1)

E vocês, tem coragem de entregar esse contrato junto com seu livro?

Resenha: O lado mais sombrio

Publicado em

Sinopse do livro:

”Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas.
Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer.
Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas.
Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa…”

11535697_1611753682445679_828607772874957629_n

Resenha, Entre ácaros e Páginas:

A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro foi a capa, a menina de cabelos claros e despenteados, rodeada de insetos, realmente conseguiu chamar minha atenção. Outra coisa que me fez querer comprar o livro foi a sinopse, sempre fui apaixonada pelo filme, Alice no país das maravilhas (aquele da disney mesmo) e assistia várias vezes ao dia quando criança, ao ler a sinopse, me senti preparada para descobrir o lado “sombrio” do país das maravilhas.

Alyssa, personagem principal do livro, tataraneta de Alice Liddell (aquela verdadeira Alice dos filmes) é uma personagem um tanto…estranha, rsrsr, eu até a considero um pouco insana, no primeiro capítulo do livro já percebi isso:

”Coleciono insetos desde os dez anos de idade; foi o único jeito que encontrei de silenciar seus sussurros. Espetar um alfinete em sua barriga os silencia rapidamente”

Ela mata os insetos e depois faz esculturas com eles (bizarro); e ela ainda consegue ouvi-los gritar por socorro, lendo a primeira frase do primeiro capítulo (essa que eu citei acima) já temos ideia do que esperar do livro.

O livro nos trás momentos bem conturbantes, mesmo antes de Alyssa embarcar no ”País das maravilhas” nos deparamos com capítulos bem interessantes e intrigantes, do tipo que você até consegue sentir o drama da personagem. O livro já está a todo vapor quando Alyssa vai para o outro mundo, mas é ai que as coisas começam, se você assistia o filme da disney, pode esquecer tudo que já viu, porque nesse livro as coisas são bem diferentes, e dessa vez não são vistas aos olhos da inocente Alice, e sim, da mente já madura de Alyssa.

Sabe o coelho branco e fofo do filme? ele é bem diferente nesse livro…

Falando no coelho, o livro trás todos os personagens do filme: O chapeleiro Maluco, o Gato, a Lagarta, a rainha de copas e muitos outros (com certeza você vai se lembrar deles no decorrer da história) mas dessa vez, Alyssa precisa quebrar a maldição que envolver as mulheres de sua família, e ”arrumar” os estragos que sua tataravó fez quando passou por lá.

Se você já achava o país das maravilhas um tanto ”estranho”, esse livro nos trás um cenário muito mais psicodélico e intrigante. Tenho certeza que vão gostar.

Motivos para ler Agatha Christie

Publicado em

Esse post que vou mostrar para vocês, eu já tinha lido um tempinho atrás, achei tão interessante que resolvi compartilhar, retirei do blog, Mundos na estante, afinal, o que não faltam são motivos para ler A.c

1. Seus finais surpreendentes
Agatha é famosa por seus finais surpreendentes. Com exceção de Os Elefantes Não Esquecem, nunca consegui chegar perto das respostas de seus livros, dos assassinos de fato. Quando tudo é revelado, é como se a sua vida não fizesse mais sentido e você tivesse sido enganado por todo esse tempo. E o mais incrível: tudo se encaixa perfeitamente, e não são deixados fios soltos ou coisas mal explicadas.
2. A maneira como seus livros são escritos/montados
A maioria dos livros que li dela, aqueles com o detetive Hercule Poirot, apresentam uma forma clássica dos mistérios: assassinato – investigação da cena do crime – depoimentos das testemunhas – aquele momento em que tudo se encaixa para o detetive – revelação de embaralhar os miolos mas que ainda assim faz todo o sentido do mundo. Isso, além de gostoso de se acompanhar, acaba sendo “didático” para quem pensa em escrever livros policiais (como eu), por exemplo.
3. A rapidez e fluidez da leitura
Sua escrita é muito gostosa de ser acompanhada e nem um pouco complicada. Seus diálogos são bem apurados e não há falas desperdiçadas. Seus livros não são longos, então não há muito tempo a perder. Qualquer conversa que acompanhamos entre os personagens é importante, para o que virá a seguir ou para acusar o verdadeiro culpado no final do livro. Aliando a escrita ao tamanho menor e o fato de serem muito intrigantes e não te deixarem viver sua vida normalmente sem saber quem é o verdadeiro culpado, são livros muito rápidos de serem lidos. Alguns cheguei a terminar em dois dias, embora seja perfeitamente possível terminar em um dia só.
4. Os preços dos livros
Como se não bastassem todos esses pontos positivos relacionados à autora, suas edições (as mais novas, pelo menos) são bem feitas e muito baratas, e quando vou comprar um livro de Agatha não consigo sair com apenas um. A editora L&PM tem edições pocket lindas dos livros da autora, assim como a Best Bolso. A Nova Fronteira tinha edições um tanto feinhas, o que foi consertado com maestria nessas últimas edições lançadas pela editora: são edições maravilhosas em capa dura que ainda podem vir separadas ou em um lindo box. Ainda temos alguns publicados pela editora Globo.
Agatha_exeter
E eu não poderia deixar de escrever os meus próprios motivos para ler Agatha Christie:
Você se encanta com o detetive:
O detetive belga, Hercule Poirot, é apaixonante, com seu grande bigode e seu jeito nada modesto, consegue tornar os livros muito mais empolgantes e divertidos. Duvido que esse velhinho rabugento não vai conquistar vocês também.
Belas moças e Cenários:
As histórias conseguem ser chiques! rsrsr, você se sente dentro de um filme de época, com direito a belas moças bem vestidas, e cenários marcantes, cafézinho em um restaurante no fim da tarde, saias de tweed (sim, a escritora até descreve os modelitos das personagens) e muitas jóias!
Espero que tenham gostado, o blog está apenas no inicio mas já estou muito animada para compartilhar mais coisas com vocês!

Resenha: A casa torta

Publicado em

Sinopse do livro:

“Quando o octogenário Aristide Leonides é assassinado por envenenamento, sua grande família teme que o assassino não seja Brenda, a sua esposa 50 anos mais jovem, que é desprezada pelos outros membros da família.
O motivo do crime é desconhecido e ninguém entende porque qualquer um deles mataria um homem que já estava a beira da morte de qualquer jeito.
A neta mais velha de Aristide, Sophia, foi pedida em casamento pelo seu namorado, Charles Hayward(narrador da trama), mas recusa até que o crime seja solucionado.
Charles, que é filho de um comissário da polícia, é enviado pelo pai para se infiltrar em meio aos familiares do velho Leonides, na “Casa Torta” em que eles vivem.
Aos poucos, Charles vai ganhando a confiança da família e tendo acesso aos seus segredos e sentimentos, enquanto tenta ligar os pontos e descobrir quem afinal matou Aristide e por qual motivo.”

11402793_1611536112467436_4286727261479051732_oEntre ácaros e Páginas, resenha:

Nada melhor que começar o blog com a resenha do meu livro favorito, da minha escritora favorita também, foi o primeiro livro da Agatha que eu comprei, e confesso que demorei muito para começar a ler, simplesmente porque a capa não chamava minha atenção (e porque não tinha meu querido Hercule Poirot), rsrs.

Mas após ler muitas resenhas e opiniões incríveis sobre o livro, resolvi dar uma chance a ele. Bom, o livro segue na mesma linha dos outros livros da Agatha, se você já leu alguns deles, sabe do que estou falando: família rica, vários suspeitos, algum personagem que teria todos os motivos para cometer o assassinato, mas desdo começo sabemos que não é ele o assassino, e no final, o assassino é alguém que você jamais imaginava.

A história se passa praticamente em apenas um cenário, a Casa torta (que realmente é torta) os personagens são bem apresentados e a história não é vista aos olhos de um detetive, então o personagem muitas vezes tem a mesma visão que nós leitores. O livro me prendeu por não ter momentos tediosos e diálogos longos. E também encontramos  um romance nessa história, que é apresentado logo no começo do livro, meio sem sal e açúcar, mas afinal, não é romance que esperamos em um livro de assassinato não é? e o final consegue ser magnifico e surpreendente.

O livro me deixou muito intrigada, confesso que em vários momentos da história eu suspeitei do verdadeiro assassino, em alguns momentos tive até que me segurar para não dar uma “espiadinha” no fim do livro.

É um livro gostoso, que você pode ser em pouco tempo e que com toda certeza, vai valer a pena.